Medicina Esportiva: Prática Saudável da Atividade Física 💪💙

By

Atuar na prevenção de lesões e orientar atletas profissionais ou iniciantes está entre os principais benefícios da Medicina do Esporte.

A prática da atividade física regular e bem direcionada pode trazer uma série de benefícios à saúde. Para realizar tais atividades com os cuidados necessários, os atletas contam com a Medicina do Esporte, uma especialidade médica que cuida da saúde tanto de atletas profissionais como de pessoas que desejam praticar algum tipo de exercício físico.

De acordo com o dr. Ivan Pacheco, especialista em Medicina do Esporte e diretor da Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte (SBMEE), essa especialidade médica tem importante papel no acompanhamento do bem-estar físico do atleta ou não atleta, na medida em que vai “assistir as pessoas e os atletas nas questões de saúde envolvendo o exercício e o esporte, ou seja, avaliação, pré-participação de exercícios, acompanhamento na prevenção das lesões que podem decorrer de exercícios e esporte, e tratamentos das lesões decorrente dos esportes”.

topo-fisioterapia

Cada tipo de modalidade esportiva pode ocasionar um determinado tipo de lesão, como explica o dr. Ivan:

“Esportes que usam muito o membro inferior, como futebol, esqui e handebol, ocasionam mais lesões de joelho e de tornozelo. Já o contrário, a natação, por exemplo, dá muitos problemas no ombro. Então, tudo depende de qual esporte a pessoa pratica. Na prevenção se usam muitos métodos, inclusive filmagens de gestos esportivos, treinamentos de força, de equilíbrio e de reflexo”.

No caso dos atletas profissionais e de alto rendimento, além do maior risco de lesões, o médico também alerta para o uso de substâncias ilícitas:

“Muitas pessoas usam substâncias proibidas como forma de ganhar rendimento, e isso acarreta danos à sua saúde, como é o caso do uso crônico de testosterona e anabolizantes, que podem induzir cânceres e muitos distúrbios endocrinológicos”.

Maximizar a aptidão natural das pessoas é vital na melhora do desempenho, segundo o dr. Ivan:

“Novos tipos de treinamento, novos tipos de avaliação para aumentar a aptidão natural que as pessoas têm para determinados esportes, enfim, é assim que a medicina pode trabalhar. E não usar meios ilícitos”.

O especialista também destaca o uso da medicina do esporte nos cuidados de muitas doenças, principalmente algumas crônicas:

“Por exemplo, o tratamento da diabetes e da hipertensão com exercício. Esse é o papel da Medicina do Esporte, fazer como que as pessoas utilizem o exercício e o esporte como fator de saúde”.

🏌⛷🚣🏊🏄⛹🏋🚴🏇

Gostou? Compartilhe:

Leave a Comment

Your email address will not be published.

You may also like